Feeds:
Posts
Comentários

Eu…

 

“Olhe, tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras.
Sou irritável e firo facilmente.
Também sou muito calmo e perdôo logo.
Não esqueço nunca.
Mas há poucas coisas de que eu me lembre.” 

Clarice Lispector

Anúncios

LookBook

Bom, depois de diversos dias sem sequer entrar aqui, hoje tenho uma dica…

Alguém já ouviu falar algo sobre LOOKBOOK.NU? Pois deveriam procurar =D

LookBook.nu nada mais é do que uma “rede social” da moda (fashionista?) na qual os participantes (what?) postam seus “looks” diários e torcem para receberem “HYPE”s, o que seria como o “curtir” do Facebook. O LookBook.nu está aí para quem curte fugir do “arroz e feijão”  e adorar gente bonita (leia-se gente como eu rsrsrs) ;D além de ser uma forma de conhecer pessoas de diversos lugares do mundo, o LookBook proporciona horas de êxtase aos adoradores de fotogafia (novamente eu ^^).

Para dar início aos trabalhos deste post, fica um look para hoje… faz parte dos looks de MOHCINE AOKI

http://lookbook.nu/mohcineaoki

Vem…

Venha para o meu mundo…

Ele não é exatamente o que se pode chamar de “em paz”, mas é muito mais tranquilo do que a vida lá fora…

Não é preciso ter medo, os monstros daqui não mordem…a menos que eu lhes peça…

Não é preciso trazer malas, aqui não chove e nunca tem sol, não é dia e você jamais verá a lua, não existem flores para molhar e muito menos para colher…

Aqui não existem inimigos e os amigos podem não ser tão leais assim…mas isso pode acontecer em qualquer lugar…

Aqui neva e as pessoas estão sempre bem vestidas, há um guarda-chuva para cada pessoa e eles transformam as ruas em ondas de cores…

Não há doenças, pobreza, solidão…

Vem…meu mundo está ao alcance de todas as mãos…basta saber sonhar…

Onde está você?

Pois bem, partindo do princípio de que a vida tem sido meio “honesta demais” comigo, que fique claro que eu não aprendi a voar, não me proclamei deus de nada e, portanto, também não fui crucificado…ou pelo menos não daquela forma…

Quero esclarecer que amei sem saber se fui amado, abracei sem saber se era abraçado, disse olá enquanto me diziam adeus…eu eu nem fui capaz de saber ao certo seu verdadeiros nomes…

Quero que saibam que o sol ainda brilha, a lua ainda me faz sonhar mas as estrelas já não gritam o meu nome…está estranhamente vazio por aqui…

Olha, veja bem, está certo que nunca fui um ideal a ser almejado mas também fiquei longe de ser o alvo de alguém…no pior dos sentidos…

Então, sem mais nada a expor, gostaria unicamente de explicar que aqui o vento ainda me sopra o seu nome, o gramado ainda nos convida para deitar sobre ele e as árvores ainda me trazem aquele cheiro de vida de que tanto sinto falta…mas está tudo diferente…você não está aqui…

Abaixo dois clipes de duas garotas que cantam muito…descobri elas estes dias de “Sem nada para fazer” ^^ Sou mais a Delilah…o clipe é perfeito e a batida da música me contagia ^~ A Yasmin é mais tipo “menininha bonitinha que canta bem” =D

Ultimamente tenho andado meio só, sozinho comigo mesmo, andando sem rumo, como se esperando por algo ou alguém. Tenho aprendido muitas coisas, cujas façanhas não me trouxeram muitas alegrias…

Aprendi que educação não vem de berço, dinheiro pode cair sim do céu e nem todas as virgens são puras…

Aprendi que sempre haverá alguém para te esquecer assim como haverá alguém de quem você sempre irá lembrar…

Aprendi que a chuva me acalma, o vento me inspira e a noite me embala…

Aprendi que nem todas as piadas foram feitas para terem graça, que os pássaros nem sempre cantam para nós e que a vida é muito curta…

Aprendi que meu travesseiro sabe mais de mim do que eu mesmo, que musicas tristes me fazem pensar e que imagens bonitas – embora simples imagens – podem conquistar a qualquer um…

Aprendi que sei aprender…aprendi que não se deve confiar muito nas pessoas…aprendi que não se deve viver plenamente…A VIDA NUNCA É PLENA, EMBORA BELA…

Like A Stone

Dias de chuva são sempre monótonos…embora eu seja louco por ficar a ouvir a chuva cair…se for ouvindo esta música que amo então…